Notícias Novembro Azul Novembro Azul 2018

Os robôs em operação no Brasil devem realizar ao longo deste ano 5 mil cirúrgias urológicas

A cirurgia robótica cresceu no País especialmente nos últimos dois anos. Em vez um médico segurar a pinça, fazer os “furinhos” e extrair o tumor, é o robô quem executa os movimentos. “A recuperação é mais rápida e o tempo de internação cai pela metade – um ou dois dias no hospital.” disse em entrevista ao Jornal Estado de São Paulo Dr. Flavio Trigo presidente da SBU-SP.

A reportagem também destaca que: “O paciente aceita melhor o tratamento cirúrgico (com robô) e, embora os riscos não sejam zero, são menores”, diz José Roberto Colombo Júnior, urologista e especialista em cirurgia robótica urológica do Hospital Israelita Albert Einstein.

Leia a matéria na íntegra

Público