Notícias

SBU-SP na mídia: entenda o Priapismo

Músico está internado há 2 semanas devido ereção.

Endurecimento peniano constante pode gerar dor e necrose do órgão; falta de tratamento e ereção prolongada podem dificultar ereção no futuro.

O músico inglês Danny Polaris vem contando em seu Instagram o problema que o levou a ser internado. Desde o dia 26 de julho, Polaris está sofrendo com um priapismo — uma ereção constante — e não consegue revertê-la, sentindo muitas dores. O músico, que já teve o problema, utilizou um antirretroviral e dois estimulantes sexuais, o Viagra e o Alprostadil (injeção estimulante aplicada no pênis).
De acordo com o urologista Roberto Vaz, da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), o priapismo é uma ereção constante por mais de três horas e ocorre independentemente do estímulo sexual, sendo conseiderada uma situação de emergência.

Confira a matéria completa no Portal R7