Informações úteis Público

Telemedicina e teleconsulta: por um avanço sem retrocessos

“Médico faz uma retrospectiva da evolução da telemedicina no país para analisar seus ganhos e limitações na era pós-Covid-19

A telemedicina ganhou holofote na esteira da rápida disseminação do coronavírus a partir de Wuhan, na China — em poucos meses, o Brasil e outros países contaminados pelo Sars-CoV-2 se viram diante de novos desafios no campo da saúde. O assunto propicia um caloroso debate envolvendo a classe médica e suas entidades representativas. Afinal, as novas formas de atendimento a distância representam avanços necessários e inevitáveis ou um retrocesso, com nefastas consequências para a relação médico-paciente?”

O presidente da Sociedade Brasileira de Urologia – seção São Paulo, Dr. Geraldo Faria, escreveu um artigo para a Veja Saúde falando mais sobre os desafios da incorporação dessa nova modalidade.

Leia o artigo completo, AQUI